Lar Santa Ana

Residência de Santa Ana

A Residência Santa Ana foi construída num edifício inacabado, que servia de albergue a marginais e toxicodependentes, fruto de um protocolo celebrado com a Casa do Professor e tem uma capacidade para 31 idosos.

Neste momento, as Direcções das duas Instituições encetaram negociações com vista a dividir o edifício em propriedade horizontal, com o objectivo de resolver um processo judicial, tendo a Santa Casa a intenção de adquirir o imóvel.

Recursos Humanos e Materiais

   A Residência de Santa Ana a nível de recursos humanos é composta por 22 funcionárias, 2 enfermeiras, médico semanalmente, capelão, diácono, animação sócio-cultural e ginástica.

   A nível de recursos materiais possuímos, 3 salas de convívio, 1 cozinha, 1 refeitório, 1 capela e sanitários.

Actividades

  • Comemoram-se as principais festas litúrgicas do Natal, Semana Santa, Páscoa, Santos Populares, Nossa Senhora do Amparo, todos os Santos e Nossa Senhora da Conceição;
  • Mensalmente os aniversários dos idosos;
  • Dia de S. Martinho com o Magusto;
  • Dia Mundial do Idoso – 1 de Outubro;
  • Festeja-se o Carnaval;
  • Realiza-se um passeio anual a programar com os utentes e a Directora do Lar;
  • Colónias de Férias organizadas pela Segurança Social;
  • Ateliers.

 

Serviços Prestados

A Residência de Santa Ana além do internato, fornece alimentação, ministra cuidados de higiene e conforto e promove actividades que fomentem o convívio, proporcionando actividades de ocupação de tempos livres aos utentes.

A cozinha desta instituição tem também por finalidade a satisfação com qualidade dos serviços prestados a 150 utentes residentes, do Centro de Dia Dr. Trigo de Negreiros e os do Apoio Domiciliário da cidade e localidades limítrofes.

Horário de Funcionamento

  • 24 horas por dia.

Condições de Admissão

  • Admite-se pessoas maiores de 65 anos, que necessitem deste tipo de resposta social específica e não sejam portadoras de doenças infecto-contagiosas ou mentais incompatíveis com o regular funcionamento do estabelecimento.
  • Excepcionalmente e sempre que as circunstâncias o exijam, pode-se admitir pessoas com idade inferior a 65 anos de idade.
  • O acolhimento dos utentes é feito pelo Director do lar que os apresentará aos outros utentes e os acompanhará na visita pelas instalações;
  • O alojamento será individual ou em comum, em quartos de 2, 3 camas, reunindo os utentes de forma a conseguir-se o almejado e acolhedor bem-estar dos mesmos.
  • Quando um quarto for ocupado por um casal e se verificar o falecimento de um dos conjugues, o sobrevivo será transferido, logo que possível, para um quarto apropriado à sua nova situação;
  • Os serviços do lar serão responsáveis pela limpeza do quarto do utente;
  • Os utentes se assim o entenderem poderão colaborar na limpeza e arrumação do quarto. 
Anúncios